Pular para o conteúdo principal

Postagens

Nova L-200 Triton 2020

A Mitsubishi começou a vender a L200 Triton Sport reestilizada em outros mercados, um ciclo de lançamentos que ainda inclui outros países. Porém o Brasil ainda vai demorar um pouco para receber a novidade. A picape média reformada será lançada por aqui apenas no final de 2020.
O visual ousado é ainda mais robusto do que o visto na Pajero Sport. Os faróis auxiliares e principais são divididos e há luzes de LEDs por todas as partes. As lanternas também passaram a ser em blocos e ostentam filetes verticais como os aplicados no SUV.
A mecânica manteve o motor 2.4 turbodiesel (190 cv e 43,9 kgfm), mas passou a contar com um novo câmbio automático de seis marchas, face o antigo de cinco velocidades. A tração integral ganhou sistema de gerenciamento eletrônico com cinco modos de funcionamento (cascalho, lama/neve, areia e rocha).

Bugatti Centodieci presta tributo ao icónico EB110

Com um preço de 8 milhões de euros, esta edição limitada a 10 unidades celebra os 110 anos da marca e presta homenagem ao Bugatti dos anos 90. 
Em 1991, a Bugatti lançava o modelo EB110, um automóvel que marcou o renascer da marca e que se tornou num ícone desta década. Com um chassis inovador em fibra de carbono e um monstruoso V12 3.5 l quad-turbo de 553 cavalos, o EB110 tornava-se assim o carro de produção mais rápido da história – recorde que viria a ser quebrado pelo lendário McLaren F1.
Passados quase 30 anos, eis que chega o Centodieci, o tributo ao icônico super carro dos ano 90 que, tal como o seu antecessor, apresenta com um nível de potência impressionante. Equipado com uma versão refinada do motor 8.0 l W16 do Bugatti Chiron, o Centodieci precisa apenas de 2,4 s para acelerar dos 0-100 km/h, e 13.1 s par atingir os 300 km/h. A velocidade máxima foi eletronicamente limitada aos 380 km/h.
Apresentado durante a ‘Monterey Car Week’, festival onde se insere o concurso de elegância…

ASX com frente de Eclipse Cross chega em 2020

A linha 2020 do Mitsubishi ASX, apresentada em março com nova dianteira no Salão de Genebra (Suíça), será lançada no Brasil somente em 2020, informou a HPE, representante oficial da marca japonesa. O mês da estreia da reestilização em nosso mercado ainda será definido pela empresa, bem como o conteúdo das versões, mas duas coisas são certas: o SUV compacto seguirá com produção nacional, em Catalão (GO), e manterá a mecânica atual -- com motor 2.0 flex de 170 cv, câmbio CVT e tração dianteira ou integral.
As principais mudanças no utilitário esportivo estão, de fato, na parte visual. A começar pela dianteira, que ficou bastante parecida com a do Eclipse Cross, exibindo aplique cromado em forma de bumerangue em cada extremidade do para-choque, em tamanho maior que o atual. Além disso, a grade é nova e o para-choque frontal, com aparência mais robusta, ganhou na parte inferior nicho de luzes que englobam os piscas e os faróis de neblina. Já os faróis, mais afilados, são iluminados por LED…

Toyota RAV4 híbrido surpreende pela economia: faz 14,3 km/l

Agora, totalmente reprojetado, a Toyota aposta na propulsão híbrida para destacar o RAV4 no mercado. Esse tipo de tecnologia está presente nas duas versões trazidas para o país: a S Hybrid, que tem preço de R$ 165.990, e a SX Hybrid, que custa R$ 179.990.  O sistema híbrido que equipa o novo Toyota RAV4 é composto por um motor 2.5 16V de quatro cilindros, que tem sistemas de injeção direta e indireta. Ele funciona apenas com gasolina. O  motor a combustão é associado a outros três, elétricos, acoplados a baterias de íons-lítio. A potência combinada chega a expressivos 222 cv. A tração é integral. O câmbio do RAV4 é CVT e funciona com engrenagens planetárias, e não com polias. Não se trata de um híbrido plug-in, no qual é possível efetuar recargas em tomadas. As baterias são recarregadas por meio de um sistema de frenagem regenerativa. Esse sistema, de acordo com o Toyota, permite que o RAV4 tenha consumo de 14,3 km/l na estrada e 12,8 km/l na cidade.
Vale destacar que a mecânica do nov…

Ford Puma usa base de EcoSport, mas é um SUV muito mais moderno

Apesar da plataforma emprestada de Fiesta e Eco, modelo terá motor híbrido capaz de desligar um dos cilindros para economizar combustível.
Enquanto a Ford tem apenas dois SUVs no Brasil – EcoSport e Edge ST –, o mercado europeu terá mais um representante no segmento: o Puma (que, por lá, chegará em 2020). 
Talvez você tenha achado o visual meio familiar. Parecido com o Jaguar E-Pace, talvez? Só que a marca diz ser um novo capítulo na filosofia de desenho inspirada no ser humano.
E não há nenhuma surpresa em relação à plataforma do estreante, que aproveitou a base que já dá origem a outros modelos, como Ka, novo Fiesta e, adivinhe só, do EcoSport. 
Se o jeitão esportivo não for suficiente para conquistar a clientela, ao menos o Puma terá lista de equipamentos recheada com itens de segurança e algumas sacadas inteligentes.
Além de controle de velocidade adaptativo, reconhecimento de sinalizações e assistência de permanência em faixa, o SUV é capaz de informar quando há algum perigo na estrad…

Novo Porsche Macan chega com visual de Cayenne e motor de Golf GTI

O Porsche Macan reestilizado foi revelado há quase um ano e apareceu no Salão do Automóvel de São Paulo no ano passado. Mas o SUV só chegou agora às lojas brasileiras, por R$ 329.000. 
Talvez seja meio difícil reconhecer as mudanças, ao menos na dianteira. Além do para-choque com tomadas de ar maiores, o modelo ganhou novos faróis com iluminação por led.
Considerando que a traseira talvez seja a parte mais vista pelo público (afinal, é um Porsche), as lanternas agora estão unidas por uma régua iluminada, como no irmão Cayenne. 
A nova central multimídia também é herança dos modelos maiores: em vez de sete polegadas, agora a tela tem 10,9 polegadas. Por conta disso, as saídas de ar também mudaram.
Entre os equipamentos disponíveis para nosso mercado, haverá para-brisa com aquecimento, ionização para melhorar a qualidade do ar da cabine e faróis com fachos adaptativos. 
Já o motor será quatro cilindros 2.0 turbo – quase igual àquele utilizado pelo VW Golf GTI, mas ajustado pela Porsche – cap…

Novo Ranger Rover Evoque 2020

A Jaguar Land Rover apresentou a segunda geração do Range Rover Evoque - modelo que chega sete anos e meio após a produção do modelo inicial de 2011. Apesar da diferença de idade, as duas gerações \compartilham uma semelhança óbvia. Na concepção do Range Rover Evoque 2020, a Land Rover optou contra aprofundamento do design esportivo muito amado do modelo atual e mantiveram a mesma forma básica que estamos familiarizados. Visto de lado, o perfil do novo Evoque é quase idêntico ao original Isso não é ruim, no entanto.

O Evoque 2020 tem entradas de ar frontais quase idênticas ao antecessor - o que pode dificultar a a diferenciação entre os dois no trânsito.

Já na parte traseira a diferenciação está maior.

Surpreendentemente, o novo Evoque não utiliza uma plataforma totalmente nova e, em vez disso adota uma versão atualizada da arquitetura D8 do modelo atual. Como resultado, a gama da montadora de motores a gasolina de quatro cilindros e diesel Ingenium permanecem em oferta. A potência dos mo…

Novo Toyota Supra é mais potente que o anunciado

Dois testes, realizados em dois dinamómetros diferentes, revelaram que os números oficiais do novo Toyota Supra podem estar errados.
O burburinho em volta do novo Toyota Supra parece não terminar. As mais recentes informações dão conta de mais uma particularidade em torno da nova geração do icónico desportivo nipónico. Oficialmente o motor 3.0 l de seis cilindros em linha da BMW, que equipa o Supra, produz 335 cv e 500 Nm de binário. Só que estes números oficiais estão a ser refutados por uma série de testes realizados pela ‘Motortrend’ e pela ‘Caranddriver’
Ambas as publicações levaram o novo Supra ao dinamómetro e, em momentos diferentes, registaram que o motor BMW pode ter mais potência do que o previsto. Os números avançados pela ‘Motortrend’ apontam para uma potência de 332 cv (semelhante aos dados oficiais) mas também para um binário máximo de 524 Nm, um aumento de 24 Nm em relação aos números originais. Já o dinamómetro utilizado pela ‘CarandDriver’ dava conta de uma potência de…

Ferrari SF90 Stradale é o mais potente da história da Scuderia

O Ferrari SF9O Stradale marca um novo capítulo da história da Ferrari. Para além de ser o primeiro híbrido de produção da marca, este carro apresenta performances nunca antes vistas no ciclo do ‘Cavallino Rampante’.

O projecto 173 ganhou forma e tomou a pele do Ferrari SF90 Stradale. O automóvel que partilha o mesmo nome, com o mais recente modelo de Fórmula 1 da Ferrari, promete não ficar nada atrás em termos de performance. De acordo com Louis Camilleri, CEO da marca italiana, o SF90 vem marcar um novo capítulo na história da Ferrari.
Este é o segundo automóvel de uma série de cinco modelos previstos para este ano, o que representa uma produção sem precedentes na história da marca. Ao contrário do ‘La Ferrari’, esta produção apenas será limitada à capacidade de resposta da fábrica. Motor e Performance Aqui o número mágico é 1000. É este o número de cavalos irrequietos que vivem debaixo da redoma de vidro deste Ferrari. Esta marca impressionante é possível graças à combinação dos pod…

Pajero Sport 2019, uma nova lenda

Misture pedras, buracos, aclives desafiadores e descidas escorregadias. Acrescente um pouco de poeira e adicione lama a gosto. Quem gosta de trilhas costuma ter preferências meio estranhas. Uma das frases recorrentes entre os praticantes de off-road é a que diz que, “quanto pior o caminho, melhor”. Visto sob essa ótica, o roteiro escolhido pela Mitsubishi para lançamento do novo Pajero Sport foi um prato cheio. Reuniu todos esses ingredientes em um dia inteiro de maus caminhos.
O roteiro que começou em Mogi Guaçu, no interior de São Paulo, cruzou a divisa com Minas Gerais e foi até Poços de Caldas, antes de voltar ao ponto inicial. No caminho, subiu até o Pico do Gavião, a 1.500 metros de altitude. A maior parte do caminho foi feita por terra.

O Pajero Sport tem sete lugares, tração 4×4, motor 2.4 turbodiesel e está chegando às lojas por R$ 265.990. Importado da Tailândia, o modelo chega mirando no Toyota Hilux SW4 (a partir de R$ 259.560) e no Chevrolet Trailblazer (R$ …