Volkswagen deve crescer acima da média do mercado, afirma Fernando Silva, diretor de vendas da montadora

FOTO Divulgação/Volkswagen 

Volkswagen espera crescimento acima da média em 2024, segundo diretor de vendas

Fernando Silva, diretor de vendas da Volkswagen, projeta um crescimento acima da média do mercado para a montadora em 2024. Em entrevista ao Autos Segredos, ele destacou os seguintes fatores que contribuem para essa perspectiva otimista:

1. Desempenho em 2023: A Volkswagen já apresentou um forte crescimento em 2023, com um aumento de 30% nas vendas em comparação com 2022, enquanto o mercado geral cresceu 11%.

2. Lançamentos: A marca tem planos de lançar novos modelos em 2024, como o T-Cross reestilizado e o SUV compacto Nivus com motor 1.0 turbo, que devem impulsionar as vendas.

3. Foco em SUVs: A Volkswagen continuará a focar no segmento de SUVs, que é o mais popular no Brasil, com modelos como o T-Cross, Nivus, Taos e T-Roc.

4. Eficiência operacional: A montadora também está investindo em eficiência operacional para reduzir custos e aumentar a competitividade.

5. Rede de concessionárias: A Volkswagen possui uma ampla rede de concessionárias no Brasil, o que facilita o acesso dos clientes aos seus produtos e serviços.

6. Contexto econômico: Apesar das incertezas do cenário econômico, Silva acredita que o mercado automotivo brasileiro continuará a crescer em 2024.

Crescimento consistente:

  • A Volkswagen vem crescendo consistentemente nos últimos anos, mesmo em um mercado desafiador.
  • A montadora está bem posicionada para se beneficiar da recuperação do mercado automotivo brasileiro em 2024.

Perspectivas positivas:

  • As perspectivas para a Volkswagen em 2024 são positivas, com a empresa projetando um crescimento acima da média do mercado.
  • O lançamento de novos modelos, o foco em SUVs e a eficiência operacional devem contribuir para o crescimento da montadora.

Observações:

  • As projeções de crescimento da Volkswagen são baseadas em um cenário econômico positivo.
  • O desempenho da montadora em 2024 dependerá de diversos fatores,como a evolução da pandemia, a situação da economia brasileira e a competitividade do mercado automotivo.

Fontes:

  • Autos Segredos
Por: Roberto Ribeiro 

Postagens mais visitadas deste blog

GM lança carro elétrico de R$ 65 mil para competir com o BYD

Ferrari F8 Tributo de 720 cv chega no Brasil com preço de R$ 3,5 milhões

Nova Toyota Hilux 2021