Lamborghini Huracan EVO RWD Spyder

A segunda geração do Huracan de tração traseira, o Huracan EVO RWD, foi apresentada há 4 meses. Agora é a vez da sua versão Spyder.
Este Spyder, conta com uma capota de lona, que demora somente 17 segundos a retrair-se por detrás dos bancos. Acção que pode ser feita com o veículo em andamento e a velocidades até 50 km/h, tal como será possível abrir ou fechar a janela traseira, independentemente da posição da capota.
Este vidro, serve não só como deflector de vento, como também ajudará o condutor a desfrutar melhor da trilha sonora.
O motor manteve-se inalterado em relação à versão “fechada”, continuando a ser o apaixonante V10 de 5.2 litros de 602 cavalos à 8000 rpm.
A caixa de velocidades é de dupla embreagem, com 7 mudanças, ajudando a transmitir os 602 cv apenas às rodas traseiras. Fato que não impede este superesportivo de atingir os 100 km/h em 3.5 segundos (mais 3 décimos que a versão coupé), assim como os 324 km/h de velocidade máxima. Espantosamente, apenas 1 km/h a menos que o seu irmão de teto rígido.
Outra diferença assinalável no Lamborghini Huracan EVO RWD Spyder, em relação ao modelo de teto rígido, é a sua configuração específica do software de ajuda à condução. Ou seja, o sistema P-TCS de controlo de tração, foi configurado tendo em conta as especificidades do modelo.
Entre as alterações, surge o fato de ter sido afinado, de forma a oferecer uma maior estabilidade na realização de curvas e manobras.

Postagens mais visitadas deste blog

Nova Toyota Hilux 2021

Toyota Corolla Cross: novos flagras dão base para projeções do futuro SUV nacional

O mistério do Suzuki Jimny de 5 portas que ninguém viu