NOVO MERCEDES-BENZ GLE COUPÉ

A Mercedes-Benz decidiu revelar a nova geração do GLE Coupé antes do lançamento oficial, que será realizado no Salão de Frankfurt, entre os dias 12 e 22 de setembro. A marca mostrou tanto o modelo tradicional quanto a versão esportiva, o AMG 53. 

O Mercedes-Benz GLE Coupé 2020 terá dois motores 3.0 a diesel de seis cilindros em linha, de 276 cv e 61 kgfm, e de 335 cv e 71 kgfm, ambos com câmbio automático de nove marchas e tração integral.

Já a versão esportiva 53 AMG conta com um motor seis cilindros biturbo a gasolina, que entrega 435 cv e 53,2 kgfm de torque. Porém, conta tem o sistema EQ Boost, que conta com um alternador de 48V, entregando 21 cv e 25,3 kgfm de torque extras ao esportivo. 

O sistema é conhecido como mild hybrid ou híbrido leve.

De acordo com a Mercedes, a versão esportivo faz o zero a 100 km/h em 5,2 segundos e velocidade máxima de 250 km/h. 

A versão possui suspensão a ar com controle dinâmico, controle dinâmico de chassi e modos de direção Comfort, Sport e Sport+, Slipery (para pista escorregadia) e Individual.

A carroceria do cupê ficou 3,9 cm maior no comprimento, 0,7 cm maior na largura e o entre-eixos também cresceu dois cm. O porta-malas aumentou em cinco litros, passando para um total de 655 litros. 

Visualmente, o modelo traz leves alterações em relação ao GLE apresentado há quase um ano, no Salão de Paris. O para-choque dianteiro ficou com entradas de ar maiores, recebeu mais detalhes cromados e faróis de LED são de série.

A versão AMG traz de exclusivo rodas pretas, faróis de máscara negra, e desenho de grade Panamericana. 

O interior é igual ao GLE convencional, com duas telas grandes integradas de alta definição, ligando o painel de instrumentos e a central multimídia. O AMG 53 traz detalhes e acabamentos em vermelho, bancos esportivos e volante de base reta.

Por: Revista Auto Esporte.

Postagens mais visitadas deste blog

Nova Toyota Hilux 2021

Toyota Corolla Cross: novos flagras dão base para projeções do futuro SUV nacional

O mistério do Suzuki Jimny de 5 portas que ninguém viu