Novo BMW Série 3

O sedã médio que chega agora no dia 28 de março às lojas de todo o Brasil promete redefinir, de fato, o segmento de luxo por trazer tecnologia de inteligência artificial, conectividade em nuvem e assistência de condução semi-autônoma entre seus equipamentos
Importado de Regensberg (Alemanha), tem valores que já estavam sendo praticados em esquema de pré-venda desde fevereiro. 

A configuração 330i Sport, um pouco mais "raiz", custa R$ 219.950. Já o 330i M Sport entrega todos os avanços citados por R$ 269.950. Ambos começam a ser fabricados em Araquari (SC) em junho

Falando em dirigir, este novo Série 3 usa uma evolução do motor 2.0 turbo de quatro cilindros da série 28i (B48): além de melhorias de construção, gera 258 cv de potência e 40,8 kgfm de torque a 1.500 rpm. 

O câmbio automático de oito marcas também foi aprimorado pela ZF. 

Rodas são de 19 polegadas, calçadas com pneus "run flat", mas o Brasil conta com estepe no porta-malas... porque sim ("o consumidor exige", segundo a marca, "por conta de nosso asfalto, ainda que tire 155 dos 480 litros")
A BMW só vai querer falar da tecnologia que faz do Série 3 o modelo mais avançado de sua categoria e mesmo que os carros da categoria acima. 

A estrela de tudo é o sistema de inteligência artificial conectado em nuvem com sinal interno 4G para dados (segundo a marca, feito para transmissão exclusiva, com criptografia de banco, sem ligação com redes externas)
Além do sistema de 360 graus (que usa quatro câmeras de ângulo aberto), o Série 3 conta ainda com outras três câmeras, mais sensores e radar para ativar o sistema semi-autônomo (nível 2), que acelera, freia e mantém o carro na faixa seguindo ajustes feitos pelo motorista. Mas ele difere do que outras marcas fazem por contar com um sétima câmera no interior. 


Essa outra câmera está no topo do painel de instrumentos digital (sim, até isso mudou) e enxerga o motorista o tempo todo. Calma: de acordo com Henrique Miranda, responsável pelo gerenciamento de Tecnologia e de Carros Elétricos da BMW do Brasil, essa câmera só monitora ("Não grava, nem transmite") o rosto do condutor, para medir suas reações, distrações ou sonolência. 

Assim, o carro sabe se o cara atrás do volante está de fato olhando para a pista ou prestando mais atenção ao celular, por exemplo. 

Alertas visuais, sonoros ou um tremor de volante servem para "trazer de volta" o condutor, mas o sistema pode também interferir no sistema semi-autônomo, para que o motorista tenha "menos folga" e tenha de voltar a dirigir como seus avós e pais faziam

Preço 330I M Sport R$ 269.950 (03/2019) 

Categoria Sedã grande 

Motor 4 cilindros, 1998 cm³ 

Potência 258 cv a 5000 rpm (gasolina) 

Torque 40,7 kgfm a 1550 rpm 

Dimensões Comprimento 4,709 m, largura 1,827 m, altura 1,435 m, entreeixos 2,851 m 

Peso em ordem de marcha 1470 kg 

Tanque de combustível 59 litros Porta-malas

Postagens mais visitadas deste blog

Nova Toyota Hilux 2021

Toyota Corolla Cross: novos flagras dão base para projeções do futuro SUV nacional

O mistério do Suzuki Jimny de 5 portas que ninguém viu