Pular para o conteúdo principal

Porshe 911 a ar, o mais avançado do mundo

A Singer Vehicle Design, empresa californiana especializada no restauro de exemplares do Porsche 911, elevou os seus trabalhos a outro patamar, com a colaboração da Williams Advanced Engineering. Do projeto das duas companhias, denominado por ‘Dynamics and Lightweighting Study’ (DLS), nasceu um 911 especial, baseado num 911 964, que incorpora um motor atmosférico de seis cilindros e de 4.0l, capaz de atingir as 9000rpm e de desenvolver 500cv. O Festival of Speed de Goodwood acolheu a estreia deste exclusivo automóvel.
O motor do Porsche 911 da Singer integra componentes como quatro válvulas de titânio por cilindro, contando este automóvel com um sistema de lubrificação único, um acelerador inspirado no dos monolugares de F1 e vários componentes internos em magnésio. A carroçaria foi reformulada utilizando técnicas avançadas de produção e fibra de carbono. Entre outras alterações, destaca-se o novo ‘splitter’ dianteiro, um difusor e ainda um spoiler “ducktail”, que promove a força descendente.
A Williams Advanced Engineering concebeu um sistema de suspensão de duplos triângulos e a caixa de seis velocidades em magnésio foi produzida pela Hewland. A travagem fica a cargo dos discos carbocerâmicos e pinças da Brembo. O habitáculo é igualmente impressionante, fruto da escolha dos bancos desportivos Recaro e da incorporação de carbono em vários painéis do interior – inclusive na alavanca da caixa de velocidades e no painel de instrumentos. Especificações à parte, veja o resultado deste magnífico projeto.



O preço a pagar? Não menos do que $1.8 (hum milhão e oitocentos mil dólares). Afinal, o Porsche 911 da Singer é 911 refrigerado a ar mais avançado do mundo. Há que pagar por um desempenho deste patamar…