Pular para o conteúdo principal

O novo Jeep Cherokee chega em Outubro

O novo Jeep Cherokee continua a ser um fiel exemplo das aventureiras capacidades dos modelos do fabricante americano.

As linhas não são tão retas e de inspiração off-road como nos restantes irmãos da marca e como já foram nos antecessores. Mas não se engane pela aparência mais “civilizada”, o novo Jeep Cherokee continua a ter as mesmas capacidades que o tornaram desde os anos 70 num dos ícones dos que procuram explorar o mundo a bordo de um automóvel. Agora renovado, ganhando novos elementos de design, este modelo pretende conquistar maior peso nas escolhas dos consumidores nacionais. Para tal, estará disponível a partir de outubro com dois motores Diesel 2.2L de 150cv e 195cv.


O Cherokee ficou agora com um visual mais moderno e elegante no exterior. Primeiramente com a pintura dos para-choques na mesma cor da carroçaria e depois a alteração das linhas dos grupos óticos.

Na dianteira eles deixam de ser tão esguios e alongados, sendo mais facilmente identificáveis graças à assinatura visual, e na retaguarda ganham um perfil também mais distinto devido à opção pela tecnologia LED. Mas estas não foram as únicas alterações, e temos também a opção por um extenso teto panorâmico que ilumina todo o espaço interior. Além disso, reforçando a facilidade de utilização do Jeep Cherokee, ele passa a ter um portão da mala mais leve, cuja operacionalidade também é beneficiada pelo botão de encerramento no interior da bagageira com 570l (+70l) de capacidade.


Outra das grandes novidades da gama Jeep Cherokee passa pelo reforço dos níveis de proteção aos ocupantes. Para tal foi integrada uma panóplia de novos sistemas. Tivemos oportunidade de testar o pouco intrusivo sistema de manutenção em faixa e os alertas de saída de faixa e de carros na proximidade. Felizmente, não foi preciso testar a frenagem de emergência.


Além destes sistemas, e do automóvel estar protegido pela sua construção em 65% com recurso a aços de alta resistência, existem outros atributos que tornam mais segura, tranquila e confortável a vida a bordo do SUV. Destacando alguns deles, encontramos na primeira linha soluções como a câmara de visão traseira e as assistências ao estacionamento, a monitorização dos ângulos mortos e o limitador ativo de velocidade, todos eles no equipamento-base

Mais visitados

BMW 320i 2019

A nova BMW 320i 2019 chega às lojas com novidades e mudanças, graças a nova geração. A série 3 da BMW, é a linha de entrada dos carros de luxo dos modelos sedan da montadora alemã BMW, e está sendo produzida já há seis gerações. Mas o mais curioso da BMW série 3, é que os carros que a compõem vão desde o sedan mais comum como é mais conhecido no Brasil, a BMW 320i, até um carro com performance esportiva que também compõe a linha ”M” da BMW, que é a linha esportiva da montadora, a BMW M3.

A BMW 320i, é um sedan muito desejado, até mesmo na sua geração anterior que por ter um preço menor, é procurado pelos clientes para que possam ter o prazer de dirigir uma BMW.
Na nova BMW 320i 2019, o motor vai ficar mais potente, que assim como a BMW X1, terá versões com o xDrive, que é a tração 4×4, e nos modelos sem esse recurso, a tração será traseira, uma ótima notícia para um carro como esse. O modelo 2019 também terá uma carroceria completamente diferente, mais leve, e mais aerodinâmica, garantin…

Bugatti Veyron

O Bugatti Veyron Super Sport não é o carro de produção mais rápido do mundo. De acordo com o Guinness World Records, o modelo infringiu uma regra quando quebrou o recorde, em 2010. É que o modelo vendido pela marca é diferente do modelo que atingiu os 431 km/h. Para o público, o carro é oferecido com um limitador de velocidade, que restringe a velocidade máxima em 415 km/h. “Como o limitador de velocidade do carro foi desativado, esta modificação foi contra o regulamento oficial. Consequentemente, o recorde de 431,072 km/h não é mais válido”, declarou Jaime Strang, diretor de relações públicas do Guiness, ao jornal britânico The Sunday Times. Já a Bugatti discorda da decisão e disse que os carros são equipados com limitador de velocidade apenas por segurança. 
O Hannessey Venom GT deverá assumir o posto de carro de produção mais rápido do planeta. O esportivo alcançou a marca de 427 km/h em fevereiro e foi, inclusive, com este número que a preparadora entrou com um pedido oficial reivi…

Citroën C4 Cactus de entrada terá rodas de aço e câmbio manual

O Citroën C4 Cactus segue em testes às vésperas do lançamento no Brasil Sem sensor de estacionamento ou faróis de neblina, versão Live recebeu motor 1.6 16V aspirado com até 122 cv e câmbio manual de cinco marchasA unidade tem rodas de aço, calotas com acabamento cinza, rack de teto simplificado, maçanetas e capa dos espelhos sem pintura e também fica devendo os faróis de neblina no para-choque.Só que a principal novidade em relação à versão topo de linha será o motor 1.6 16V aspirado flex com até 122 cv e 16,4 mkgf – o mesmo que equipa C3 e Aircross, além dos Peugeot 208 e 2008. Segundo o Inmetro, essa configuração com câmbio manual de cinco marchas tem nota C de eficiência energética, com médias de 11 km/l na cidade e 12,5 km/l na estrada (ambas com gasolina). Por Quatro Rodas

Novo Suzuki Jimny

Pequeno. Ágil. Endiabrado, no bom sentido. São alguns dos adjetivos que descrevem na perfeição o mais pequeno jipe da Suzuki. Jipe e não SUV Chassis de longarinas, carroçaria separada, eixos rígidos, redutoras, no fundo, o que se espera de um jipe puro e duro concentrado em menos de quatro metros de comprimento. É tão compacto e leve que lhe chega um motor a gasolina 1.5 com 102 cv para se aventurar em caminhos onde um Toyota Land Cruiser não chega… por ser demasiado volumoso para manobrar entre os obstáculos. O motor a gasolina é o único disponível, tal como a carroçaria de três portas. As transmissões variam entre as cinco velocidades da caixa manual e as seis da automática. Entre os diversos equipamentos encontram-se o inevitável espelho para smartphones ou sistemas de segurança e apoio à condução, como o reconhecimento de sinais de trânsito, uma estreia na Suzuki. O novo Jimny já chegou aos concessionários da Suzuki e os interessados não devem perder tempo com a encomenda. Devido à …

BMW Série 3 2019

A nova BMW 320i 2019 chega às lojas com novidades e mudanças, graças a nova geração. A série 3 da BMW, é a linha de entrada dos carros de luxo dos modelos sedan da montadora alemã BMW, e está sendo produzida já há seis gerações. Mas o mais curioso da BMW série 3, é que os carros que a compõem vão desde o sedan mais comum como é mais conhecido no Brasil, a BMW 320i, até um carro com performance esportiva que também compõe a linha ”M” da B
A BMW inovou na série 3, já que foi o primeiro carro da série a usar o sistema de direção elétrico, e um motor de três cilindros com turbocompressor. Em 2019 vai chegar no mercado um conceito bem renovado da nova BMW SÉRIE 3 2019, já que esse é o ano que a nova sétima geração do carro chegará ao mercado, e está gerando muitas expectativas principalmente no mercado norte-americano onde a novidade deve chegar mais cedo, o mercado onde a BMW lançou o carro para retomar a supremacia no mercado dos sedans médios de luxo. Nos Estados Unidos a nova geração do …